quinta-feira, 31 de julho de 2014

MATÉRIA PARA SEXTA FEIRA DIA 01- Motorista é feito refém por 20 horas após roubo na Dutra, afirma polícia



MATÉRIA PARA SEXTA -  FEIRA

01/08/14

Foto: Estou acompanhando a Homenagem ao Sr. Mauricio Peneluppi na Câmara Municipal de S J C.



  VAMOS RIR UM POUQUINHO ANTES  DA LEITURA




  1. Zebra na Pipoca | Pegadinha com Ivo Holanda ... - YouTube

    www.youtube.com/watch?v=lyp-TBYtMUY

    14/02/2011 - Carregado por PEGADINHAS & ETC - THE ORIGINAL CHANNEL!
    Assista a mais esta pegadinha divertida do Programa SilvioSantos com o mestre do humor Ivo Holanda!


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

31/07/2014 08h25 - Atualizado em 31/07/2014 14h26

Motorista é feito refém por 20 horas após roubo na Dutra, afirma polícia

Caminhoneiro afirmou que foi assaltado no trecho de Jacareí da Dutra.
Vítima procurou ajuda da polícia e relatou o crime nesta quinta-feira (31).






Caminhoneiro afirmou que foi assaltado no trecho de Jacareí da Dutra. Vítima procurou ajuda da polícia e relatou o crime nesta quinta-feira (31).
Curtir



@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


30/07/2014 18h51 - Atualizado em 30/07/2014 18h51

Advogado é preso ao visitar clientes no Presídio de Montes Claros

Ele deixou de comparecer a audiências em 2013.
Ele alega que já existe uma contraordem de prisão.

Um advogado foi preso na tarde desta quarta-feira (30) quando fazia uma visita a clientes no Presídio de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais.

Ao apresentar os documentos de identificação, foi constatado que existia um mandado de prisão preventiva em aberto em seu desfavor. O decreto de prisão foi expedido contra Marcos Madureira Júnior em outubro de 2013 pela comarca de São José dos Campos.

De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo, ao réu Marcos Madureira foi concedida liberdade provisória mediante o compromisso de comparecer a todos os atos do processo. Mas mesmo intimado, ele deixou de comparecer a audiências designadas no ano de 2013. 

O advogado foi levado no fim desta tarde à delegacia de plantão da Polícia Civil de Montes Claros onde o mandado foi cumprindo. Ele alega que já existe uma contraordem de prisão e que espera a expedição do alvará pelo juiz competente.

Segundo a Polícia Civil, Marcos Madureira Mafra será encaminhado ainda nesta quarta-feira para o Presídio Alvorada onde deve ficar em uma cela especial destinado aos presos com nível superior.

De acordo com o delegado de prerrogativa da Ordem dos Advogados do Brasil em Montes Claros, Warlen Freire, o contramandado foi expedido, mas o mesmo não consta no sistema integrado da Justiça. “Nós levantamos todos os autos e entregamos para o advogado de defesa que deverá entrar com um pedido de habeas corpus, assim ele poderá ser solto esta noite”, afirma Freire.
Do G1 Grande Minas

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


30/07/2014 20h25 - Atualizado em 30/07/2014 20h25

Policial é preso por suspeita de envolvimento em chacina em S. José

Além de Policial Militar, outros dois homens também foram presos pelo crime.
Caso aconteceu na comunidade Santa Cruz em dezembro do ano passado.

Trio é detido por incendiar ônibus em protesto contra chacina em São José (Foto: Daniel Corrá/G1)Suspeitos foram detidos na última sexta-feira (25)
(Foto: Daniel Corrá/G1)
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou nesta quarta-feira (30) que prendeu um Policial Militar suspeito de envolvimento uma chacina na comunidade Santa Cruz, em São José dos Campos. O caso aconteceu em dezembro do ano passado, quando quatro homens foram mortos e outro ficou ferido.
Além do policial, outras duas pessoas também foram presas na última sexta-feira (25). A SSP, porém, não informou outros detalhes da investigação, que está sendo conduzida pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). A suspeita é que o motivo do crime tenha sido um acerto de contas.
A Corregedoria da Polícia Militar também investiga o caso e, se for confirmada a participação do policial, ele pode ser punido administrativamente ou até expulso da corporação.

Crime
O crime aconteceu no dia 3 de dezembro, na região central de São José. Segundo informações do boletim de ocorrência, quando a PM chegou ao local as vítimas foram encontradas ajoelhadas uma do lado da outra. O homem que ficou ferido chegou a pedir socorro em um comércio na região. Na época, moradores da comunidade chegaram a fazer um protesto e fecharam a avenida Fundo do Vale pedindo mais segurança e pelo menos seis pessoas foram detidas.
Do G1 Vale do Paraíba e Região

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


31/07/2014 07 h 15 - Atualizado em 31/07/2014 18 h 12

Casal é preso com cerca de 1,5 kg de cocaína em ônibus na Tamoios

Droga estava escondida dentro de sacola no bagageiro do veículo.
Com os suspeitos, policiais apreenderam ainda 90 munições de fuzil.

Tráfico de drogas - Tamoios (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)Droga estava escondida em sacola dentro do 
veículo (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)
Um casal foi preso na noite desta quarta-feira (30) com cerca de 1,5 kg de cocaína e munições escondidas no bagageiro do ônibus que estavam na Rodovia dos Tamoios. O flagrante foi feito pela Polícia Militar no trecho de São José dos Campos após denúncia anônima.
De acordo com a PM, a droga estava escondida dentro de uma sacola que estava no bagageiro do ônibus que fazia o trajeto entre São José e Caraguatatuba. Os donos da droga foram identificados e após a revista os policiais apreenderam mais 90 munições de fuzil com os suspeitos.
Um homem de 25 anos, que já tinha passagem por roubo, e uma mulher de 23 anos, foram detidos. O suspeito vai ser levado para o Centro de Detenção Provisória do Putim, em São José, e a mulher vai para o CDP de Tremembé.
Do G1 Vale do Paraíba e Região
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


30/07/2014 12h45 - Atualizado em 30/07/2014 13h08

Ex-morador reencontra cão 2 anos após reintegração no Pinheirinho

Após reencontro emocionado, dono levou cão a petshop em São José.
Família reconheceu animal em uma reportagem exibida pela TV Vanguarda.
 

Catador Francinaldo reencontrou o cão negão depois de mais de dois anos (Foto: Fábio França/G1)Catador Francinaldo reencontrou o cão negão depois de mais de dois anos (Foto: Fábio França/G1)
"Ele é como um filho para mim, nem acredito que ele está de volta". Foi assim que o catador de reciclagem Francinaldo Pereira da Silva, de 54 anos, resume sua emoção por reencontrar 'Negão', seu cachorro que foi perdido há mais de dois anos durante a reintegração de posse do terreno do Pinheirinho, na zona Sul de São José dos Campos.
A família de Francinaldo reconheceu o cachorro em uma reportagem exibida na noite desta segunda-feira (28) pelo Jornal Vanguarda, que mostrava que o Centro de Controle do Zoonose (CCZ) de São José tem cerca de 60 animais para adoção.
O primeiro dia de Negão junto ao antigo dono foi marcado pelo carinho e os cuidados que Francinaldo dedicou a ele. O dono desembolsou R$ 120 para, além da ração, levar o cão para tomar banho em um petshop. "Se precisasse gastar R$ 1 mil tava bom também. O que importa é ele aqui", disse o catador que tem renda média de R$ 1.500 ao mês.
Ele conta que o reencontro com o cão - apelidado de "Joe" no canil do CCZ - foi marcante. "Eu chamei 'Negão' e ele levantou o faro e já foi em busca de mim", explica, com sotaque paraibano que conserva, mesmo morando há mais de 10 anos em São José.
Catador Francinaldo reencontrou o cão negão depois de mais de dois anos (Foto: Fábio França/G1)Catador Francinaldo gastou R$ 120 para cuidar do
cachorro, Negão (Foto: Fábio França/G1)
"Eu tenho um poodle e um gato, mas ele é como um filho. Teve uma vez que meu filho, o de verdade, dormiu dentro do carro e, mesmo chovendo, o Negão ficou montando guarda à noite toda perto do carro", disse.
Francinaldo percorre diariamente as ruas de São José dos Campos com sua bicicleta, com um carrinho de reciclagem acoplado na traseira, atrás de garrafas PET e peças de alumínio. Mas nesta terça-feira ele não foi trabalhar.
"Queria ficar com ele. Fiquei com ele o dia todo. Abracei muito", conta ele, que saiu para passear com Negão pelo bairro e contar para os vizinhos.
Separação
Francinaldo era morador do Pinheirinho, assentamento irregular na região Sul da cidade, e se perdeu de Negão durante a ação de reintegração de posse do terreno em janeiro de 2012.
"Saímos do Pinheirinho e fomos para um abrigo. Tentamos salvar algumas coisas da casa, mas quando voltamos para lá, não tinha nem os móveis, nem o cachorro. Disseram que todos so cachorros tinham morrido", lembra.
Ele tinha um comércio de roupas e brinquedos no local e guarda até hoje alguns itens em sua casa, no bairro Campo dos Alemães, também na zona Sul. No Pinheirinho, ele e a esposa chegaram a criar  - por um período curto - duas garotas, de mães diferentes, em situação de abandono. "As mães usavam droga e elas ficaram sozinhas. Então nós pegamos para criar por um tempo. Depois deixei cada uma delas com as famílias, porque eu não ia criar, mas não podia deixar elas sozinhas lá", disse.
Atualmente, o único plano dele é ficar ao lado de Negão. "Às vezes ainda nem acredito que ele está de volta".
Fábio FrançaDo G1 Vale do Paraíba e Região

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 31 DE JULHO DE 2014
MANIFESTAÇÃO NA FUNDO DO VALE


A POLICIA,CORPO DE BOMBEIROS E AGENTES DE TRANSITO ESTIVERAM NO INICIO DA NOITE DESTA QUINTA FEIRA DIA 31, PARA CONTER UMA BARRICADA DE FOGO NA AV, SENADOR TEOTÔNIO VILELA ( FUNDO DO VALE) MANIFESTANTES COLOCARAM FOGO EM PNEUS PARANDO A AV. NO SENTIDO A ZONA SUL PRÓXIMO DA VILA SANTA CRUZ.
SEGUNDO INFORMAÇÕES DE PESSOAS QUE ESTAVAM PRESENCIANDO A MANIFESTAÇÃO, DISSERAM QUE O PROTESTO FOI DEVIDO A CHACINA QUE ACONTECEU NA COMUNIDADE ONDE TRÊS PESSOAS MORRERAM E UM FICOU FERIDO. MATÉRIA EXIBIDA NO O VALE E NA VNEWS DATA DE HOJE 31/07/14



LEIA A MATÉRIA DO JORNAL O VALE> 

July 31, 2014 - 06:23

PM é preso por envolvimento em chacina da Santa 



Cruz

Local onde três das quatro vítimas foram mortas 



na 
Santa Cruz. Foto: Pedro Ivo Prates



Local onde três das quatro vítimas foram mortas 



na 
Santa Cruz. Foto: Pedro Ivo Prates



Três pessoas, entre elas um policial militar da 



Força 
Tática e um PM exonerado, foram 

capturadas 

em operação do DHPP e da corregedoria em São 

José; trio também teria participação em crime na 

Vila 
Guarani 
Três pessoas, entre elas um policial 

militar da Força Tática e um PM exonerado, foram 

presas em São José dos Campos em uma operação 

do DHPP 



(Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) 



na última quinta-feira pelo envolvimento na 



chacina da Favela Santa Cruz, em dezembro do ano 



passado.

Segundo o DHPP, os acusados também teriam 



participado de uma chacina na Vila Guarani, em 



outubro do mesmo ano, e de um outro homicídio em 



São José.

A prisão temporária, válida por 30 dias, foi 



decretada pela juíza Beatriz Afonso Paschoal 



Queiroz.



A operação contou com policiais do DHPP e da 



Corregedoria da Polícia Militar. Quatro armas que 



estavam com os acusados, sendo dois revólveres 38 



e duas pistolas 0.40, foram apreendidas. Elas 



passarão por exames de confronto balístico.

A polícia não divulgou como chegou ao trio ou 



detalhes das investigações, que duraram sete meses.

Medo. O VALE esteve ontem na favela Santa Cruz e 



conversou com parentes de uma das vítimas. Eles 



sabiam da prisão, mas disseram que continuam 



apavorados. “Dizem que eles perdem a farda, mas 



não ficam presos. Tenho medo que saiam e fiquem 



com raiva”, afirmou R.S.C., 21 anos, viúva de um 



dos mortos.

O marido dela deixou dois filhos pequenos. “Faço 



aniversário dia 3 de agosto, quando vai completar 



oito meses da morte dele.”

Crimes. Os três suspeitos são acusados da morte de 



oito pessoas, sendo uma em um crime isolado, três 



na Vila Guarani e quatro na Favela Santa Cruz.

A chacina na favela Santa Cruz provocou uma 



reação violenta por parte dos moradores. Um dia 



após o crime, a população incendiou ônibus, parou 



avenidas e acusou a PM. O governador Geraldo 



Alckmin (PSDB) determinou que o caso fosse 



investigado pelo DHPP.
Em 15 de outubro do ano passado, Maura Vieira 



Santos, 45 anos, Márcio Carlos da Silva, 30 anos, e 



José Carlos Nicolau da Silva, 34 anos, foram 



mortos 
a tiros durante um suposto 

desentendimento 

com traficantes na Vila Guarani. Eles foram 

apontados pela polícia como usuários de drogas.


Aumentam as denúncias contra policiais na RM 



Vale

São José dos Campos

Aumentaram de 5 para 11 as denúncias envolvendo 



policiais civis e militares em homicídios na RM 



Vale. Os números são da Ouvidoria das Polícias e 



referentes aos primeiros semestres de 2014 e de 



2013.

As queixas revelam ainda que, no caso de acusação 



de assassinatos, a quantidade de vítimas teria 



ampliado de 5 para 14 e a de policiais envolvidos de 



6 para 30.

Das 11 delações de homicídios cometidos por 



policiais até junho deste ano, 10 são contra 



militares. O total de reclamações recuou na 



comparação entre os períodos, de 262 em 2013 para 



235 neste ano.



Tráfico. As reclamações sobre o envolvimento de 



policiais com o tráfico de drogas expandiu de 7 



para 
10 e a quantidade de policiais apontados nos 



crimes 
aumentou de 11 para 15.


Policiamento. Os pedidos de policiamento não 



atendidos na região aumentaram em 87,5%, de 24 



no primeiro semestre do ano passado, para 45 nos 



primeiros seis meses deste ano. Em 2014, 40 



queixas
são contra a PM, 4 contra a Polícia Civil e 

uma envolve ambas as corporações.



Outro lado. A SSP (Secretaria da Segurança 



Pública) informou ontem, por meio de nota, que as 



polícias Civil, Militar e Técnico-Científica não 



compactuam com desvios de conduta e erros.

De 2007 a junho de 2014, 2.763 policiais foram 



expulsos ou demitidos.



Parentes cobram mais informações V.S.F., 28 anos, 



tia de um dos mortos na favela de Santa Cruz em 



dezembro do ano passado, conta que a família não 



recebeu informação sobre a prisão de suspeitos de 



cometerem o crime. “A gente ouviu alguns boatos, 



muito por cima, mas ninguém do DHPP 



[Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa] 



procurou os parentes até então”, afirmou.

Caroline Lopes Especial para O Vale
arte_chacian


Curtir

FOTOS DE 

JOTA BIAL NEWS

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@




31.07.2014 / 09h38 - Atualizado em 31.07.2014 / 20h36

PF faz busca e apreensão em gabinete de juiz federal em Cáceres

Ação visa a desarticular um suposto esquema de venda de sentenças na região






A PF iniciou a operação na manhã desta quinta-feira, na cidade de Cáceres
















DA REDAÇÃO
A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (31), um mandado de busca e apreensão no gabinete do juiz federal Raphael Caseli de Almeida, da Vara Federal de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá).

Por meio da operação denominada "São José", determinada pela Justiça Federal, agentes federais investigam um suposto esquema de venda de sentenças.

Ao todo, estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão - cinco em Cáceres e um em Cuiabá.

Três advogados foram alvos, mas seus nomes não foram divulgados.

Os agentes federais cumprem mandado de busca e apreensão na Vara Federal.

O prédio onde funciona a Vara, no centro da cidade, está fechado desde o início da manhã de hoje.

Também são cumpridos mandados de busca e apreensão em um apartamento do juiz Caseli, em Cuiabá.

As suspeitas são de que as supostas vendas de sentenças tenham relação com crimes ocorridos na fronteira do Brasil com a Bolívia.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAb-MT) ainda não se manifestou sobre as prisões dos advogados

Tony Ribeiro/MidiaNewsP

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

POLÍCIA / SUPOSTO "ACERTO DE CONTAS"



31.07.2014 | 09 h54 - Atualizado em 31.07.2014


Tentativa de chacina deixa quatro baleados em Várzea Grande

Três adolescentes foram atingidos pelos tiros; um adulto estaria em estado grave





A PM ainda perseguiu um do suspeitos, mas só conseguiu apreender uma moto

ADILSON ROSA
DA REDAÇÃO
Uma tentativa de chacina em Várzea Grande deixou quatro jovens – sendo três adolescentes - baleados, na noite de quarta-feira (30).

Eles estavam em frente a uma residência, na Rua Padre Santos, no bairro Jardim Maringá II, quando passaram quatro jovens em duas motos fazendo os disparos.

Os tiros atingiram os adolescentes de 15, 16 e 17 anos e R.N.S., de 22 anos . A tentativa de homicídio ocorreu por volta de 22 horas.

Baleados nas pernas, braços e tórax, os jovens foram levados por um carro do Samu ao Pronto Socorro de Várzea Grande, onde passaram pelo box de emergência e ficaram em observação. Um deles estaria em estado grave.

Conforme o relato de testemunhas, os jovens estavam na frente da residência, quando passaram os suspeitos, em duas motos escuras – uma Honda Tornado e uma Titan.

Em princípio, eles passaram apenas observando. Na segunda vez, os que estavam na garupa das motos começaram a atirar contra os jovens.

Policiais militares que faziam rondas pelas proximidades depararam com a Titan preta, cujo piloto tentou fugir em alta velocidade.

Os PMs seguiram o suspeito, que abandonou a moto no bairro Santa Luzia, após perder o controle do veículo.

A Honda Titan preta, JZN 4191, com placas de Nova Mutum (267 km ao Norte de Cuiabá), foi apreendida.

O veículo não tem registro de queixas de furto ou roubo. A motocicleta foi levada para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.

Os policiais acreditam que, com os dados da motocicleta, poderão esclarecer o crime, uma vez que o veículo pertenceria a um dos suspeitos.

O crime seria um acerto de contas, mas os policiais acreditam que nem todo os atingidos pelas balas seriam os alvos.

Tony Ribeiro/MidiaNews

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@



POLÍCIA / LEI SECA
30.07. 2014 | 09 h19 - Atualizado em 30.07.2014 | 11h45


Motorista do Incra é preso sob suspeita de embriaguez

Aos policiais, funcionário público revelou que havia tomado seis cervejas


A picape do Incra foi apreendida e o motorista teve que pagar fiança para ser liberado
ADILSON ROSA
DA REDAÇÃO
Um servidor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Cuiabá, foi flagrado pela Polícia Militar dirigindo uma picape do órgão sob suspeita de embriaguez.

O exame do bafômetro constatou 0,86mg/l), índice mais que o dobro do mínimo permitido. O nome do funcionário do Incra não foi divulgado.

A prisão ocorreu nesta quarta-feira (30), por volta da meia-noite e meia, na Avenida Senador Metelo, região do bairro do Porto.

Ele confessou à Polícia que havia tomado seis cervejas, em comemoração ao seu aniversário de 50 anos.

Segundo policiais militares, o servidor dirigia a picape em baixa velocidade, o que chamou a atenção, uma vez que poderia estar observando alguma residência.

Na abordagem, os policiais desconfiaram e sugeriram o exame de alcoolemia.

No Plantão Metropolitano da Capital, o delegado plantonista arbitrou fiança de R$ 724.

O servidor do Incra teve que ligar para a esposa, que estava no bairro CPA IV, para que providenciasse o dinheiro da fiança.

A picape ficou apreendida no pátio e será entregue ao órgão. O servidor teve a carteira de motorista apreendida.

ADILSON ROSA Midia News


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@








July 31, 2014 - 08:30

Acessos incompletos e gerador barram estádio

Vista do estádio Martins Pereira, que foi reformado para a Copa. Foto: Marcelo Caltabiano
Vista do estádio Martins Pereira, que foi reformado para a Copa. Foto: Marcelo Caltabiano
Direção da Urbam promete regularizar pendências no Martins Pereira até a próxima segunda-feira
Obras incompletas em uma das nove saídas de emergência e dois geradores de energia sem funcionar foram os motivos que levaram o Corpo de Bombeiros a barrar na última semana a concessão do auto de vistoria definitivo para a liberação do estádio Martins Pereira, em São José dos Campos.
Inaugurado no dia 27 de julho, aniversário de São José, após um ano de obras de modernização no valor de R$ 18 milhões, o estádio está interditado pela FPF (Federação Paulista de Futebol).
Um laudo provisório permitiu a realização da partida inaugural entre São José e Santo André, liberando uma capacidade de apenas 2.900 torcedores para garantir a segurança no local.
A partida agendada para as 15h do próximo domingo, entre São José e Juventus, válida pela Copa Paulista, foi transferida para Suzano.
“Infelizmente, fomos pegos de surpresa. Queríamos torcer em casa, mas vamos marcar presença em Suzano”, afirmou o presidente da torcida Mancha Azul, Hugo Júnior.

Expectativa. A expectativa é que o Martins Pereira seja liberado na próxima segunda-feira, quando o Corpo de Bombeiros fará mais uma inspeção no local.
A Urbam, responsável pela administração do estádio, garantiu que todas as adaptações estarão concluídas.
“Lamento o fato de não podermos sediar o jogo do dia 3. Mas a cidade ganhou um estádio de alto padrão. A partir da semana que vem, ele estará pronto para grandes espetáculos. O auto provisório foi para marcar a data festiva”, disse o presidente da Urbam, Boanésio Cardoso Ribeiro.

Limitação. Prometido para ser entregue com uma capacidade de 15 mil torcedores, o novo Martins Pereira terá menos espaço voltado ao público: serão 12.300 lugares.
“Seguimos uma determinação do Corpo de Bombeiros para garantir mais segurança e conforto aos torcedores, que poderão ficar sentados em cadeiras ou nas arquibancadas numeradas”, afirmou Ribeiro.

Avaliação. De acordo com o comandante interino do 11º grupamento do Corpo de Bombeiros, major Luiz Alberto Rodrigues da Silva, o processo de modernização do estádio acabou influenciando em avaliações mais complexas para garantir a segurança do público.
“O auto de vistoria definitivo é necessário para a liberação da Federação Paulista de Futebol. É necessária a saída de emergência do setor 5, além da iluminação de emergência por meio dos geradores, pontos que a Urbam irá sanar.”

Entenda o caso
Martins Pereira
Recém inaugurado, o estádio foi interditado pela Federação Paulista de Futebol por não ter o auto de vistoria definitivo

Federação Paulista
A FPF, em nota, informou que por conta da legislação em vigor (Estatuto do Torcedor) o estádio deve possuir quatro laudos técnicos para a sua abertura ao público. Há uma pendência com relação ao laudo de Prevenção de Combate a Incêndio, que não foi expedido ainda

Motivos
Uma saída de emergência do setor 5 não está concluída e dois geradores para iluminação emergencial interna e dos holofotes estão sem funcionar

Explicações A Urbam informou que a saída de emergência passa por adaptações. Já os geradores serão testados ainda nesta semana para serem instalados 



João Bosco deixa Secretaria de Esportes de São José
São José dos Campos
O secretário de Esportes de São José dos Campos, João Bosco da Silva, deixou o cargo ontem.
No final da tarde de ontem, o governo Carlinhos Almeida (PT) divulgou nota em que informa que Bosco também deixou a administração municipal.
Nos bastidores do Paço, a informação é que ele deverá participar da coordenação da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) na cidade.
Bosco não foi localizado ontem para comentar o assunto.
Carlinhos decidiu manter o secretário de Defesa do Cidadão, José Luís Nunes, no comando interino da pasta de Esportes.
Na base aliada do governo na Câmara, a troca de secretário foi bem recebida.
“O secretário José Luís tem experiência na administração pública e demonstrou bom desempenho por onde passou”, disse Calasans Camargo (PRP).
“A expectativa é que o prefeito escolha uma pessoa que tenha afinidade com a área”, disse Luiz Mota (Pros).
O tucano Fernando Petiti (PSDB) disse surpreso: “uma nova troca?”.
Lauro Lam Especial para O Vale

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


31/07/2014 10h49 - Atualizado em 31/07/2014 10h49

Motociclista fica ferido após colidir com caçamba em Campo Grande

Acidente aconteceu na manhã desta quinta (31) no bairro Santa Fé.
Segundo testemunhas, vítima disse que sol atrapalhou visão.

Motociclista que atingiu caçamba no bairro Santa Fé (Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena)Motociclista que atingiu caçamba no bairro Santa Fé
(Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena)
Um homem de 46 anos ficou ferido em um acidente, na manhã desta quinta-feira (31), no bairro Santa Fé, em Campo Grande. Segundo testemunhas, a vítima colidiu com uma caçamba que estava na rua Euclides da Cunha.
O acidente aconteceu por volta das 7h (de MS). Conforme testemunhas, a vítima teria dito que ia para o trabalho quando, perto do cruzamento com a rua José Gomes Domingues, colidiu com a caçamba que estava estacionada irregularmente na via, com um ângulo de 45° do meio-fio, segundo o Corpo de Bombeiros. O motociclista alegou que o sol teria atrapalhado a sua visão.
A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para Santa Casa consciente e com uma fratura na clavícula. De acordo com o hospital, o homem está sendo atendido no pronto-socorro.
Do G1 MS com informações da TV Morena
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


Aquiraz Trio armado é preso na CE-060 planejando assalto


Três pessoas foram presas em um táxi clandestino durante a tarde de ontem. O caso ocorreu no quilômetro 36 da CE-060, em Aquiraz. O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) acredita que o grupo pretendia realizar um assalto no município de Cascavel (a 64 quilômetros de Fortaleza).
Foram presos Cleidiane Laranjeiras de Andrade, que responde na Justiça por assalto, Antônio Marcos dos Santos Araújo, preso anteriormente por assalto, um porte ilegal de arma e invasão de domicílio. Além de Francisco Reges do Nascimento, que responde a processo por roubo, formação de quadrilha e receptação. No momento da abordagem, Reges estava com um revólver calibre 38.
O condutor do veículo (identidade preservada) é morador da região do Eusébio, informou que não conhecia o grupo detido. Ele ainda disse que os três acertaram o valor do transporte por telefone e pediram para que ele fosse até Cascavel com o grupo. "Negociei a corrida e fui buscar eles no Castelão. Deu R$ 60 a corrida. O subtenente deu uma geral no carro e um deles estava armado com um revólver. Eles pediram para trazer de volta e falaram que eu esperaria 20 minutos durante a corrida. Eles ofereceram R$ 50 como adiantamento para abastecer o veículo", explicou o motorista do táxi, que segundo informações dos policiais, seria utilizado como uma espécie de piloto de fuga, mesmo sem ter participação direta na ação criminosa.
"A prisão ocorreu por volta de 12h30min no posto da polícia rodoviária de Aquiraz. Por minuto, passa em torno de 50 veículos pela via. Abordamos o Corsa branco e encontramos o elemento armado com mais dois", explica o subtenente Wellington.
Investigação
Os acusados foram conduzidos à Delegacia Metropolitana de Aquiraz, sendo autuados em flagrante por formação de quadrilha e posse ilegal de arma de fogo. O titular da Metropolitana, delegado Tarcísio Coelho, explicou que o crime foi caracterizado por formação de quadrilha, pois os três estavam acompanhados do taxista e que os envolvidos já respondem na Justiça por diversos crimes.
De acordo com Coelho, a investigação vai continuar para saber se os acusados estão envolvidos em outros crimes de assalto na região. O delegado titular de Aquiraz disse, também, que está investigando a participação de outra pessoa que seria responsável pela receptação da mercadoria a ser roubada pelo grupo.

Fonte: DN
Blog Combate Policial


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Polícia recupera R$ 50 mil em mercadorias


Equipes do Ronda do Quarteirão, com o apoio da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), conseguiram recuperar cerca de R$ 50 mil em celulares e chips roubados de uma loja que faz parte de uma rede de venda de móveis e eletrodomésticos, no bairro Jereissati I.
O crime aconteceu na madrugada de ontem (28). Dois homens abriram um buraco na parede da loja ao lado do estabelecimento que seria alvo do ataque. A ação criminosa durou cerca de duas horas para ser concluída, segundo a Polícia. Após entrarem na primeira loja, os assaltantes quebraram a parede com uma marreta para adentrar no comércio onde estavam guardados os celulares.
O que os assaltantes não sabiam era que o estabelecimento possui a tecnologia de um sistema de monitoramento que detecta a presença de movimentos.
O alarme foi ativado e a Polícia chegou a tempo de prender um dos suspeitos com uma sacola contendo 86 celulares e 120 chips. O segundo homem fugiu.
Responde por furtos
Segundo informações do plantonista da Delegacia de Maracanaú, delegado Jeferson Custódio, o suspeito João Batista Ferreira do Nascimento, 49, responde na Justiça por seis furtos e um roubo. Ele possui dois mandados de prisão em aberto na comarca dos municípios de Aracati e Brejo Santo, ambos relacionados a crimes de roubo.
Ainda de acordo com o delegado, o suspeito confessou, durante depoimento, que os celulares foram encomendados por uma terceira pessoa. O mandante do roubo teria oferecido a quantia de mil reais à dupla, em troca dos aparelhos.
"Todos os tabletes e outros aparelhos eletrônicos estavam na loja e foram levados apenas os celulares. O suspeito se diz morador de rua e, durante o depoimento, identificou o nome do homem que iria realizar a revenda dos produtos roubados", explicou.
O segundo suspeito fugiu, mas a Polícia já possui a identificação. O delegado preferiu não repassar o nome do assaltante para não atrapalhar o restante das investigações. Até o fechamento desta edição, ele permanecia foragido.
Todo o material do roubo foi recuperado e apreendido, para ser entregue à loja. João Batista foi detido e autuado em flagrante por roubo qualificado pelo agravante do arrombamento. A composição da viatura RD1092, dos soldados Santiago, Almeida e Furtado foram responsáveis pela prisão, com o apoio das viaturas RD 1124, 1098, 1099 e 1093.
Fuga a pé
Para o delegado, os suspeitos não utilizaram veículo de apoio na fuga. "Eles entraram pelos fundos do primeiro estabelecimento, que é uma loja de móveis. Como pretendiam roubar apenas os celulares, decidiram usar a primeira loja para entrar na outra. O local é de difícil acesso e mesmo com uma moto não é possível o acesso aos fundos do estabelecimento. Pode ocorrer de um veículo permanecer estacionado afastado, mas de acordo com a investigação eles fugiram a pé", finalizou.

Fonte: DN

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@



Natal: Policial Militar surta, queima três motos 

da Rocam e tenta suicídio





Um policial militar da capital, antes designado como piloto da Rocam, surtou nessa manhã de domingo, queimou três motos BMW (recém adquiridas com recursos da Copa) e até às 14 dessa tarde tentava cometer suicídio numa passarela da Salgado Filho.
Até o momento são desconhecidas as motivações que levaram ao ato do PM, contudo simula-se um surto psicológico por causa de uma transferência de unidade, assim seria o principal motivo, haja visto o descontentamento do PM.




Fonte: Jair Sampaio via Blog Serrinha de Fato


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

IMAGEM FORTE


MC QUE HOSTILIZA A POLÍCIA EM RAP PEDE AJUDA A PMS APÓS SER BALEADO

RN: Michel Mendonça Gomes “Mc Caicó” 18 anos de idade foi encontrado ferido, com dois disparos de arma de fogo, próximo ao posto de combustível localizado na Rua Coelho Neto, no bairro Boa vista, em Mossoró no Rio Grande do Norte.

A Central de Operações da Policia Militar tem apenas o registro da ocorrência, mas não sabe o que teria acontecido com ele. Mc Caicó disse aos policiais que atenderam a ocorrência que foi baleado próximo ao Mercado do Alto da Conceição e conseguiu correr até o local onde foi encontrado.

Segundo informações, Mc Caicó morava naquela região do Posto Nacional, no bairro Boa Vista, com os pais e outro irmão, mas depois da morte de sua mãe e com o pai alcoólatra, ele e o irmão, passaram a morar nas ruas e dormir nas calçadas. Ainda segundo informações, os irmãos chegaram a receber atendimento do Conselho Tutelar, mas como eram trabalhosos, foram abandonados ou abandonaram o auxílio.


Por volta de 4 horas e 50 minutos de hoje, Mc Caicó foi socorrido pela equipe de uma Unidade de Suporte Avançado “Alfa” do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia e segundo informações seu estado de saúde é complicado.

Mc Caicó é do “Estilo Rap”. Ele chegou a postar uma musica desafiando a policia militar e logo depois, postou outro pedindo desculpas. Não existe nenhuma indicação que possa relacionar o atentado na madrugada de hoje aos insultos das letras de suas musicas.

Fonte: O Câmera 2 via blog do Jair Sampaio

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

POLÍCIA CAÇA DUPLA QUE INVADIU CASA DE 

SUBCOMANDANTE DA BASE AÉREA



A Polícia Civil está à procura dos dois suspeitos do assalto à residência do subcomandante da Base Aérea de Fortaleza, que ocorreu na última quinta-feira (18), na Avenida Rui Barbosa. As imagens das câmeras de segurança flagraram o momento em que a dupla chega ao local para realizar a ação criminosa.
De acordo com informações da titular do 2º DP (Aldeota), delegada Socorro Portela, os policiais civis e do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) realizaram diligências durante toda a madrugada de ontem para encontrar os suspeitos do crime, mas os homens não foram localizados.
Eles invadiram a casa do tenente-coronel por volta das 11h40min, renderam a esposa do oficial e uma funcionária, e em seguida, roubaram a arma do militar, uma pistola 380, além de joias e roupas.
A Polícia levantou a hipótese de que o crime pode ter sido planejado com a ajuda de uma ex-funcionária da residência. A delegada informou que duas empregadas domésticas são investigadas. Uma delas, inclusive, responde na Justiça por processos de furto, roubo e tráfico de drogas. A outra mulher não possui nenhum tipo de antecedente criminal, mas a Polícia Civil não descarta a participação da funcionária no assalto.
Ela trabalhou na residência durante um período, mas saiu e foi trabalhar em outra casa por meio de uma agência. A delegada comentou o fato de que nenhuma das chefes da suspeita tinha conhecimento dos processos que ela respondia na Justiça.
O irmão da empregada doméstica responde mais de dez processos criminais e o companheiro dela teria saído recentemente da prisão. A extensa ficha e as relações da mulher chamaram atenção da delegada, mas somente após a conclusão do caso, a Polícia poderá confirmar se ela realmente teve envolvimento no caso.
Diligências são realizadas pela equipe da Polícia Civil na periferia de Fortaleza e Região Metropolitana, com o objetivo de prender os homens que aparecem nas imagens. Ambos foram reconhecidos pelas vítimas como os autores do assalto que, segundo a delegada, ocorreu de maneira violenta.
Nas imagens divulgadas, um homem de blusa vermelha aparece andando pelo lado direito. No mesmo momento, a câmera flagra um homem de blusa azul, sendo que um deles faz um sinal para que outro atravesse a rua e eles possam se reunir.
A delegada também ressalta a importância da população, que se tornou fundamental para a elucidação dos casos por meio da identificação dos suspeitos. "Esses dois homens que aparecem nas imagens foram reconhecidos. Eles estavam na casa e agiram com muita violência. As pessoas que reconhecerem os dois, podem ligar para a delegacia por meio do número 3101.1146 ou para a Coordenadoria Integrada de Operações (Ciops) pelo 190", disse Portela.


Fonte: DN

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


ADOLESCENTE É FILMADA FAZENDO SEXO COM PRESOS EM BELÉM-PA

Uma jovem de 15 anos manteve relações sexuais com mais de dez homens dentro da Colônia Agrícola Heleno Fragoso, em Belém, segundo informações exclusivas da TV RBA, afiliada da Band no Pará. O caso foi descoberto depois de um trabalho de revista que aconteceu na colônia no final do mês de novembro, quando foi encontrado um celular com as imagens dos abusos sexuais.
O vídeo, gravado por um detento, mostra a adolescente deitada nua sobre um colchão. Os presos aparecem eufóricos nas imagens. A garota faz sexo com todos os homens sem o uso de preservativo.

Ainda segundo informações da TV RBA, o caso aconteceu no horário de visitas, sem nenhuma intervenção. Apenas ao final da gravação é ouvida a voz de uma mulher pedindo para que os detentos parem com o abuso.
Outro caso

Esse é o segundo caso registrado na mesma colônia penal. No ano passado, uma adolescente de 14 anos teria sido abusada durante quatro dias por vários presos. Ela conseguiu fugir do local.
A garota foi ouvida pela CPI (Comissão Parlamentar do Inquérito) do Tráfico Humano e encaminhada ao programa de proteção à vítimas de violência sexual. Na época da denúncia, o Ministério Público Estadual instaurou um procedimento administrativo para apurar o caso, que resultou na na exoneração de diretores do presídio, além de 17 agentes prisionais e até o superintendente do Sistema Penal do Estado, Francisco Bernardes.
Deputados estaduais, federais e representantes da Secretaria Nacional de Direitos Humanos visitaram a colônia e comprovaram a fragilidade do sistema de segurança do local.


Fonte: CZ Agora

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@