domingo, 1 de março de 2015

MATÉRIA PARA SEGUNDA FEIRA DIA 02 DE MARÇO - Corpo de universitário que morreu após beber em festa vai para MG



                                                                     


APOIADORES DO BLOG



                    

VAMOS RIR UM POUQUINHO 

ANTES DLEITURA



Pegadinha - Assalto Planejado! - YouTube

www.youtube.com/watch?v=Zlf4jODGOiA

26/10/2008 - Carregado por silviosantossbt
programa silvio santos. ... Pegadinha - Assalto Planejado! SBT- Sistema Brasileiro de Televisão ..






@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

01/03/2015 15h31 - Atualizado em 01/03/2015 15h56

Corpo de universitário que morreu após beber em festa vai para MG

Testemunhas disseram que jovem bebeu mais de 30 doses de vodca.
Dois organizadores do evento realizado em Bauru (SP) estão presos.

Estudante tinha 23 anos e estudava na Unesp (Foto: Reprodução/Facebook)
Estudante tinha 23 anos e estudava na Unesp
(Foto: Reprodução/Facebook)
O corpo do estudante Humberto Moura Fonseca, que morreu no sábado (28), em Bauru (SP), após ingestão excessiva de álcool em uma festa universitária, foi levado para Passos, em Minas Gerais, na manhã deste domingo (1º), após passar por exames no Instituto Médico Legal (IML). O enterro está programado para acontecer no Velório São Vicente.
De acordo com o delegado Kleber Granja, testemunhas disseram que o jovem bebeu mais de 30 doses de vodca na festa, que reuniu mais de duas mil pessoas e começou na tarde de sábado. O folder promocional do evento destacava que a festa era "open bar", ou seja, teria distribuição gratuita de bebidas como cerveja, vodca e pinga.
Fonseca bebeu e passou mal na festa, após participar de uma das várias competições realizadas na festa que incentivavam a ingestão de álcool. Ele foi socorrido por estudantes, mas chegou ao pronto-socorro já sem vida.
A Polícia Civil solicitou um exame toxicológico para comprovar se ele não ingeriu outra substância, além de álcool.
O estudante era de Minas Gerais e estava em Bauru cursando engenharia elétrica da Unesp.
Outras cinco pessoas precisaram ser levadas para o pronto-socorro. Duas foram liberadas, mas três continuam internadas em estado grave. A estudante Gabriela Alves Correa, de 23 anos, está na UTI do Hospital Estadual.
Juliana Tibúrcio Gomes, de 19 anos, estudante de engenharia de produção da Unesp, foi levada inicialmente para a UTI do Hospital do Base e depois transferida para o Hospital da Unimed. As duas garotas permanecem entubadas.
De acordo com o secretário de saúde, Fernando Monti, a transferência foi necessária devido à gravidade do caso.
Ainda segundo o secretário, Matheus Pierri Carvalho, estudante de engenharia elétrica, estava inconsciente, mas não chegou a ser entubado. Ele também foi transferido para o Hospital da Unimed.
Festa anunciava open bar de várias bebidas (Foto: Reprodução/Facebook)Festa anunciava 'open bar' de várias bebidas
(Foto: Reprodução/Facebook)
Prisão
Dois organizadores da festa foram presos em Bauru (SP). De acordo com a Polícia Civil, eles são estudantes do quarto ano de engenharia e poderão ser indiciados por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.
Segundo o tenente da Polícia Militar, Osnei Rodrigues, os organizadores não tinham alvará autorizando a realização da festa, que era promovida por várias repúblicas de estudantes da cidade. “Eles informaram que tomaram toda cautela que puderam, contratando seguranças, brigadistas, ambulância, mas que não tinham alvará de funcionamento para venda de bebidas e para praticar este tipo de evento."
O delegado Granja, que também foi ao local, afirma que única ambulância presente na festa não era equipada com Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Nota de pesar
A Unesp, onde Fonseca estudava, divulgou uma nota de pesar onde lamenta o ocorrido.
Confira a íntegra da nota:
A Unesp lamenta o falecimento do estudante Humberto Moura Fonseca, que cursava Engenharia Elétrica na Faculdade de Engenharia da Unesp de Bauru. Informa que a morte ocorreu, ao que se sabe até o momento, por coma alcoólico em festa promovida por várias repúblicas de estudantes da cidade, fora portanto das dependências da Universidade, onde a bebida alcoólica é proibida. A Faculdade de Engenharia vem prestando apoio à família neste momento difícil que ela atravessa.
Sobre consumo de bebidas alcoólicas, o terceiro parágrafo do artigo 2ª da Portaria UNESP nº 525, de 27 de outubro de 2005, diz: "É vetado o uso de bebidas alcoólicas nas dependências dos Câmpus Universitários". Além disso, em todas as Unidades, é realizada intensa campanha alertando para os perigo do consumo excessivo de bebidas alcoólicas.
Especificamente no que diz respeito a festas envolvendo trote; na Unesp, o trote é expressamente proibido.  A punição para os infratores, regulamentada pela Resolução Unesp nº 86, de 4 de novembro de 1999 (http://www.unesp.br/portal#!/ouvidoria_ses/legislacao4157/), varia conforme a gravidade do caso, podendo chegar à expulsão. Em outubro deste ano, na Faculdade de Medicina da Unesp – Campus de Botucatu  um aluno foi expulso do curso de Medicina por ter praticado trote violento.
A Universidade ressalta que a Ouvidoria da Unesp, com apoio da Assessoria de Comunicação e Imprensa, prepara folhetos para os alunos que se matriculam na na Universidade. O material traz informações sobre a proibição do trote na Unesp. Além disso, cada unidade entrega material próprio de recepção aos novos alunos, com informações específicas sobre cada cidade, já que a matrícula ocorre em 23 municípios do Estado de São Paulo.
Denúncias contra trote violento ou contra qualquer outra espécie de violência podem ser realizadas junto à vice-direção da Unidade, à Ouvidoria Local ou à Ouvidoria Central (ouvidoria@reitoria.unesp.br).
Festa fazia competições que incentivam ingestão de bebidas (Foto: Thaís Andreoli / TV TEM)Festa fazia competições que incentivam ingestão de bebidas (Foto: Thaís Andrioli / TV TEM)Do G1 Bauru e Marília





@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@



01/03/2015 13h04 - Atualizado em 01/03/2015 18h02

Morre menino de 5 anos espancado pela mãe em SP; família doará órgãos

Adriano Ramos estava internado na Santa Casa de Franca desde quinta-feira.
Criança teve morte cerebral na sexta; informação foi confirmada no domingo.

Adriano Henrique Jardim Ramos, 5 anos (Foto: Reprodução/EPTV)
Adriano Henrique Jardim Ramos, 5 anos, morreu após ser espancado pela mãe, em Cristais Paulista (Foto: Reprodução/EPTV)
Morreu na Santa Casa de Franca (SP) o menino Adriano Henrique Jardim Ramos, de 5 anos,espancado pela mãe na última quinta-feira (26) em uma casa na zona rural de Cristais Paulista (SP). A informação foi confirmada pela avó da criança neste domingo (1º). Adriano teve morte cerebral na noite de sexta-feira (27), mas o hospital só se pronunciou oficialmente à imprensa também neste domingo. O corpo do menino será velado em Campinas (SP), cidade onde o pai da criança mora atualmente. Segundo a avó, a família decidiu pela doação dos órgãos do garoto.
Segundo Jane Aparecida Jardim, de 27 anos, a agressão ocorreu porque o filho teria defecado na cama e nas roupas que vestia. Ela foi presa em flagrante no dia da agressão e levada para a Cadeia Pública Feminina de Franca. A suspeita, no entanto, foi transferida para a Penitenciária Feminina de Tremembé (SP) na noite de sexta, após sofrer ameaças de morte na unidade em Franca. Ele foi indiciada por tentativa de homicídio qualificado e por motivo fútil.
Adriano foi internado na Santa Casa de Franca na tarde de quinta-feira. Segundo a unidade, ele deu entrada no hospital com traumatismo craniano e foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave. Os médicos constataram que a criança sofreu lesões no abdome, braços, costas, rosto, pescoço e joelhos. Uma lesão na nuca, segundo os profissionais, causou o traumatismo craniano.
Menino de 5 anos tem marcas de agressão por todo o corpo (Foto: Reprodução/EPTV)Menino de 5 anos tem marcas de agressão por
todo o corpo (Foto: Reprodução/EPTV)
Doação dos órgãos
A família foi informada sobre a morte cerebral da criança ainda na sexta-feira e, segundo a avó Maria José Jardim, os familiares decidiram pela doação dos órgãos de Adriano no sábado. Na manhã deste domingo, uma equipe de médicos realizava o procedimento de retirada dos tecidos para a liberação do corpo. Uma entrevista coletiva foi marcada para esta tarde, pela Polícia Civil, para prestar mais esclarecimentos sobre o caso.  
O caso
Jane Aparecida Jardim foi presa na tarde de quinta-feira suspeita de espancar o filho de 5 anos, Adriano Henrique Jardim Ramos. A agressão ocorreu porque a mãe teria se irritado com o menino, que segundo ela defecou na roupa que vestia e na cama. Em depoimento, a mulher confessou que agrediu o menino com um cinto na manhã de quinta-feira e que depois pegou o garoto pelo pescoço e braços e o jogou na cama, quando a criança bateu a cabeça na lateral do móvel.
Ainda de acordo com o depoimento da mãe, o menino não chegou a desmaiar e se levantou. “Essa criança foi tomar banho, almoçou, foi dormir e não acordou mais”, disse o delegado Djalma Donizette Batista. “A mãe pediu socorro para uma vizinha da fazenda e vieram até Cristais Paulista”.
A criança foi levada para o Pronto-Socorro da cidade e foi transferida para a Santa Casa de Franca. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o menino deu entrada na unidade com traumatismo craniano e foi internado na UTI em estado grave. Após a internação, o hospital comunicou a delegacia de Franca, para investigar o caso.
Após ser empurrada pela mãe, menino bateu a cabeça na cama (Foto: Sérgio Oliveira/EPTV)Após ser empurrada pela mãe, menino bateu a cabeça na cama (Foto: Sérgio Oliveira/EPTV)Do G1 Ribeirão e Franca

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@



 - Atualizado em 01/03/2015 15h20

'Minha vida mudou', diz homem que perdeu mãos após ataque na Bahia

Pedreiro teve membros decepados por fazendeiro que o confundiu com ladrão.
Quase seis meses após o ataque, Josimar Ferreira voltou a dirigir

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


01/03/2015 15h10 - Atualizado em 01/03/2015 15h10

Motorista perde controle da direção e destrói conversível, em Vitória

Procurado no local, o condutor, que não se feriu, não quis falar do acidente.
Guarda busca imagens no sistema de videomonitoramento.

Motorista perde controle da direção e destrói conversível, em Vitória espírito santo (Foto: Internauta/ A Gazeta)
Motorista perde controle da direção e destrói conversível, em Vitória (Foto: Internauta/ A Gazeta)
Um veículo conversível ficou completamente destruído após um acidente por volta do 12h deste domingo (01), na Avenida Fernando Ferrari, em Vitória. Segundo testemunhas, o motorista perdeu o controle do veículo Nissan 370z . Chovia no momento do acidente. A Guarda de Vitória busca imagens no sistema de videomonitoramento da avenida para saber como o acidente aconteceu.
As peças do carro ficaram espalhadas pela pista. A faixa da direita precisou ser isolada com cones até a chegada do guincho.
Procurado pela reportagem no local, o condutor do Nissan não quis comentar como aconteceu o acidente. Apesar do impacto da batida, não houve feridos.
Motorista perde controle da direção e destrói conversível, em Vitória espírito santo (Foto: Leonardo Soares/ A Gazeta)Motorista perde controle da direção e destrói conversível, em Vitória (Foto: Leonardo Soares/ A Gazeta)Do G1 ES, com informações de A Gazeta@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@





@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@




Polícia Militar do Estado 
de São Paulo· 

MAIS UM GUERREIRO E HERÓI, 
DEFENSOR DA SOCIEDADE, 
COVARDEMENTE MORTO!
É com gigantesca dor que a Polícia Militar 
informa que o Soldado PM FERNANDO 
ESNILHERSON NASCIMENTO, integrante 
do 27º BPM/M (Zona Sul da Capital), 
infelizmente, não resistiu a ferimento causado 
por disparo de arma de fogo efetuado por 
criminoso, que o acertou no ombro direito.
Por volta das 09h35 do dia 18 desse mês, o Soldado PM F. NASCIMENTO e outros três colegas de farda realizavam patrulhamento pela Rua Dr. Paulo de Barros Whitaker.
Observaram 07 (sete) pessoas em atitudes 
suspeitas, optando pela abordagem policial. 
Na tentativa da abordagem, criminosos fugiram 
em direção a uma viela (Rua Francisco de 
Arruda), bairro Cidade Dutra, no interior da
intitulada “Comunidade da 20”.

Um deles, identificado como Wilverson, 
COM VÁRIAS PASSAGENS PELA POLÍCIA, 
disparou várias vezes contra os policiais 
militares, morrendo no local.
Durante o confronto o Sd PM F. NASCIMENTO
foi ferido no ombro direito e, pela gravidade
da lesão, socorrido pelo Helicóptero Águia
10 do Grupamento Aéreo ao PS Grajaú e posteriormente transferido ao Hospital das Clínicas - HC.
Na ocorrência foram apreendidos 1 (um)
revólver, 1 (uma) pistola e 3 (três) veículos
(roubados/furtados), além de diversos aparelhos 
eletrônicos, eletrodomésticos, relógios,
 tênis, e roupas.
Hoje, às 13h45, nosso guerreiro e herói 
Sd PM F. NASCIMENTO, com 25 anos de 
idade e 3 anos e sete meses de PMESP, 
cumprindo o santo compromisso de sangue 
com a sociedade, no HC, local em que estava
internado desde o evento, faleceu...
Deixa a esposa, grávida de 3 meses, e uma
filhinha de 4 anos, que não sai da frente da
residência de nosso herói tombado dizendo 
que “está esperando o pai chegar...”
Os seis outros criminosos encontram-se 
em liberdade, com dois deles já identificados.
O velório terá início às 11h30 de deste domingo 
(01MAR), no Cemitério Parque Anjo da Guarda, 
situado na Av. Crescente, 33 – Novo Juazeiro 
– Juazeiro do Norte - CE.
O sepultamento acontecerá às 18h00 no 
mesmo dia e local.
A Equipe de PM Vítima da Corregedoria
investiga o caso.
Informações para auxiliar na investigação
e, consequentemente, a prisão dos criminosos,
nos números:
• 27º BPM/M: 11- 5928-1414 ou fax 11- 5928-0973
• Corregedoria PM: 11-3322-0190
• De Emergência "190"
• Disque - Denúncia "181".


COMUNICAÇÃO SOCIAL PM.


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@




Polícia Militar do Estado de São Paulo adicionou 3 novas fotos.


Operação Conjunta PM e PF
Apreensão de armas e diversos apetrechos de pesca predatória.
Na manhã desta sexta-feira, 27, o 4º Batalhão de Polícia Ambiental em apoio a Policiais Federais realizaram operação policial na região dos municípios de Fronteira e Icém/SP, às margens do rio Grande, para a apuração de crimes de pesca predatória naquele manancial, inclusive mediante a utilização de métodos e técnicas não permitidas neste período de defeso, além de realizarem o comércio destes pescados na região.
Detalhes da ocorrência: http://zip.net/bnqSdz





COMUNICAÇÃO SOCIAL PM
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


27/02/2015

Filhos mataram a mãe por vingança e 

herança

A Polícia Civil descobriu que dois irmãos mataram a mãe por vingança e por herança. O crime aconteceu em dezembro do ano passado no Jardim Cabuçu, zona norte da Capital
Policiais civis da 1ª Delegacia de Investigações sobre Roubo e Latrocínio do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) descobriram que o filho H.S, de 22 anos, resolveu executar a mãe, a manicure Sueli Dantas de Oliveira Souza (42) porque não recebia visita na cadeia, onde cumpria pena por roubo. Já a filha, V.S., de 27 anos, ajudou para ficar com a casa. A vítima foi assassinada a golpes de martelo.
O acompanhamento rápido por parte da equipe da 1ª Patrimônio permitiu perceber detalhes sobre a autoria. Um deles é que os dois filhos não compareceram ao velório e enterro da mãe. “O filho deixou a cadeia aproveitando o benefício da saída de final de ano, cujo objetivo é passar a temporada de festas com a família. A mãe morre e ele nem aparece”, analisou o delegado Antônio José Pereira, titular da 1ª Patrimônio.
O crime em família foi encaminhado à 1ª Patrimônio porque, a princípio, a avaliação é que poderia ter sido um roubo seguido de morte. “O H.S levou um dinheiro da mãe”, explicou Pereira. Os levantamentos permitiram traçar uma estratégia para desmascarar o rapaz.
O filho da vítima cumpria pena quando foi requisitado para ser interrogado no, até então, roubo seguido de morte da mãe. Ele acabou confessando o crime. “Teria ficado magoado porque não recebeu visitas, principalmente por não receber dinheiro para comprar drogas na cadeia”, comentou o delegado.
O rapaz também revelou a participação da irmã. “A filha ajudou com um único objetivo: se apropriar do imóvel”, disse o delegado. O casal de filhos foi indiciado por roubo seguido de morte.
O delegado Antônio José Pereira fala sobre o caso hoje (27) às 15 no auditório do Deic.
Assessoria de Comunicação do Deic
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@



27/02/2015

Polícia Civil de Piracicaba apreende 191 quilos de Maconha

Policiais civis da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) apreenderam nesta quinta-feira (26), 192 tijolos de maconha com peso total de 191,7 quilos, em uma chácara no bairro Vertentes das Águas, em Piracicaba. Três pessoas foram presas.

A Equipe da Dise recebeu informações de que um homem armazenava drogas em uma chácara na cidade e que um outro individuo cuidava do local. Por meio de um trabalho de inteligencia, localizaram a chácara e o material entorpecente.
Os três detidos foram indiciados e vão responder por tráfico de entorpecentes. As investigações prosseguem para identificar outros envolvidos e o destino do material apreendido.
Fonte/foto: Dise de Piracicaba (Deinter 9)
Wilson Elias

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


27/02/2015

Polícia Civil detém 59 pessoas durante operação no Alto Tietê


A Polícia Civil prendeu 55 pessoas e apreendeu quatro adolescentes durante operação de combate ao crime contra o patrimônio e tráfico na região do Alto Tietê, na Grande São Paulo. As prisões foram realizadas em menos de 24 horas da ação.
Das 55 pessoas presas, 28 foram detidas em flagrante por tráfico de drogas. Os outros 27 capturados eram procurados da Justiça por crimes de homicídio, roubo e latrocínio. A maioria dos presos eram reincidentes.
Os quatro adolescentes foram apreendidos por tráfico de drogas e encaminhados à Fundação Casa.
Entre os presos, está A.F.R., conhecido como “Android”. No dia 5 de fevereiro, o suspeito participou do roubo a um empresário de Mogi das Cruzes e atirou na vítima.
Os policiais também apreenderam 4,7 quilos de drogas e apreenderam veículos roubados.
A operação contou com 140 policiais da Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes e 50 viaturas. As prisões são resultados de um trabalho de inteligência e monitoramento da polícia para combater o crime contra o patrimônio e o tráfico de drogas.
A ação foi realizada na região do Alto Tietê, que engloba os munícipios de Salesópolis, Biritiba Mirim, Guararema, Mogi das Cruzes, Suzano, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba.

Imprensa

O delegado Marcos Batalha, titular da Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes, concederá entrevista às 16 horas desta sexta-feira (27/2), na sede da unidade policial.
Local: Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes,
Endereço: Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, 830, centro de Mogi das Cruzes.
Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@